• Facebook: ifsantacatarina
  • Twitter: ifsc
Home
Defesas de projetos de pesquisa referentes ao Projeto Integrador PDF Imprimir E-mail
Qua, 23 de Agosto de 2017 13:44

No último dia 17 de agosto, os alunos dos segundos anos dos cursos técnico integrados em Administração e Informática realizaram suas defesas de projetos de pesquisa referentes ao Projeto Integrador para uma banca avaliadora.

 

O evento foi aberto ao público, e as turmas dos primeiros anos estavam presentes. Ao todo, treze grupos se apresentaram ao longo do dia, e as temáticas foram bastante diversificadas. Os grupos, compostos entre 3 e 5 integrantes, expuseram seu projeto no limite de 10 minutos. Em seguida, um especialista no assunto convidado pelos estudantes e o orientador do projeto teceram suas considerações.

 

Os convidados variaram desde professores e técnicos do próprio câmpus, como também profissionais da área e empresários da cidade. Após a fala, os alunos podiam responder dúvidas e esclarecer os pontos levantados e, por fim, o orientador fazia as considerações finais. As mesas eram mediadas pelos coordenadores da disciplina de Projeto Integrador.

 

A avaliação foi muito positiva em relação à atividade desenvolvida. Os estudantes se comprometeram e apresentaram seus projetos de forma muito segura e clara. Pôde-se observar que conceitos científicos foram internalizados, tais como justificativa, metodologia, fundamentação teórica; competências como trabalhar em grupo, expor-se em público, argumentar, dominar a variedade formal da língua entre outras foram apreendidas e muito bem usadas.

 

 

 

 

 

O Projeto Integrador nasceu da necessidade de um trabalho mais conectado entre professores e as disciplinas das turmas do Ensino Médio Integrado. Previsto pelos PPCs dos cursos, a implantação do projeto tem sido feita de forma bastante desafiadora tanto aos professores quanto aos estudantes.

 

A proposta vigente tomou o cuidado de ser debatida de forma democrática entre os professores do curso. O modelo que ajudou em sua formulação baseia-se no Projeto Conectando Saberes do IFSC - Câmpus Jaraguá do Sul, cujo coordenador, Josué Jorge Cruz, gentilmente ofertou aos servidores do Campus Caçador uma capacitação na semana pedagógica ocorrida em fevereiro deste ano.

 

 

No câmpus Caçador, o PI (Projeto Integrador) baseia-se na pesquisa como princípio educativo. Os estudantes são iniciados à pesquisa, tendo liberdade de escolha nas temáticas abordadas, desde que se enquadrem no grande tema “Sociedade e Meio-Ambiente”. Tem-se o intento de que temática, no terceiro ano do ensino de médio, seja mais específica de acordo com a área de formação técnica.

 

Os estudantes pesquisam em grupo e escolhem como orientadores os docentes que tenham afinidade com o propósito da pesquisa. O que se objetiva é que esses alunos desenvolvam, além das habilidades e competências já descritas, a autonomia na busca de conhecimento, com criticidade e rigor formal adequadas a sua fase escolar.

 

Durante as apresentações na defesa das bancas, pôde-se perceber nas falas, em especial as dos convidados externos, que esses objetivos têm sido alcançados. O publicitário Carlos Pieri, membro de uma das bancas de avaliação dos projetos, ressaltou que no projeto de pesquisa que leu o texto não deveu nada a produções de cursos de nível superior e elogiou a proposta teórica metodológica, o cuidado nas normas de citações e referências A psicóloga Ingrid Ceron, que também foi arguidora de um dos projetos, iniciou seus comentários da banca elogiando a iniciativa do IFSC de promover atividade pedagógicas como essas, pois proporcionam uma vivência acadêmica diferencial aos estudantes. Outro arguidor, o empresário Junit Ueda, dono do restaurante oriental de Caçador Maemuki, ficou impressionado com a apresentação do grupo, mencionado que em sua experiência com a docência no Ensino Superior não se lembra de apresentações que passavam tanta segurança e domínio de conteúdo quanto a do grupo em questão.

 

 

Enfim, esta atividade pedagógica constituiu-se como uma experiência escolar de sucesso para os estudantes, que, além de saírem confiantes para o desenvolvimento de suas pesquisas, somaram uma vivência importante na sua formação e que torna o IFSC uma instituição pública de ensino diferenciada.

 

 

 

 
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.